O CATAFORTE é um programa que se encontra na terceira fase. Desde a sua concepção, busca garantir a participação dos catadores de materiais recicláveis na cadeia da reciclagem, organizados sob os fundamentos da Economia Solidária e justiça social, com valorização do trabalho e garantia de renda e qualidade de vida para os trabalhadores.

Nesta terceira edição, o programa é voltado à estruturação de redes de cooperativas e associações para que estas se tornem aptas a prestar serviços de coleta seletiva para prefeituras, participar no mercado de logística reversa e realizar conjuntamente a comercialização e o beneficiamento de produtos recicláveis. 

 

Em sua primeira fase, CATAFORTE I – o projeto capacitou 10,6 mil catadores em 17 Estados brasileiros e no Distrito Federal, tendo como foco o assessoramento técnico e os processos articulados de formação.

Já na segunda fase, o CATAFORTE II – Logística Solidária priorizou ações voltadas ao fortalecimento da infraestrutura de logística das cooperativas e associações organizadas em rede, por meio da aquisição de veículos, capacitação de catadores e de lideranças. A iniciativa possibilitou a melhoria da capacidade operacional de coleta, transporte e comercialização.

 

Lançado o CATAFORTE III – Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias, o programa terá atuação em 21 estados e Distrito Federal, com 33 redes envolvidas, tendo como principais objetivos:

  • Fortalecer e ampliar os processos produtivos e gerenciais, por meio da estruturação de iniciativas de negócios sustentáveis coletivos e autogestionários, nivelando as condições operacionais e administrativas dos empreendimentos participantes das redes solidárias;

  • Realizar processos articulados de formação para a estruturação e gestão de negócios sustentáveis, com assessoramento técnico especializado, com foco na comercialização em rede de materiais recicláveis, prestação de serviços de coleta seletiva e de logística reversa e/ou a verticalização da produção;

  • Promover a inclusão de catadores informais, de rua e lixões, nos empreendimentos solidários e no acesso aos benefícios gerados pelas redes solidárias;

  • Promover a formalização e regularização de todos os empreendimentos participantes da rede solidária, adequando-os às exigências legais vigentes e às oportunidades da Política Nacional de Resíduos Sólidos;

  • Promover a integração de diversas políticas públicas e outras iniciativas de apoio e inclusão de catadores de materiais recicláveis de modo a otimizar resultados, tal como articulação para desenvolvimento de ferramentas financeiras de crédito adequadas às redes de empreendimentos solidários.

 

No Paraná, o Instituto Lixo e Cidadania (ILIX) foi a entidade contratada para a execução do Projeto CATAFORTE I e II.

 

Os resultados do CATAFORTE I, executado em 2010, são significativos: 48 associações foram formalizadas, e catadores e catadoras de materiais recicláveis, de Curitiba, Região Metropolitana, Campos Gerais, Vale do Ribeira,  Litoral e Bacia do Paraná III, receberam formação sobre Economia Solidária, princípios, conquistas e histórico do Movimento Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (MNCR), classificação de materiais, segurança no trabalho, autogestão, legislação de organizações do terceiro setor, etc.

 

Já o CATAFORTE II foi executado em 2012 e teve como objetivo central o treinamento de conteúdo técnico e gerencial com foco na utilização de caminhões do projeto “Fortalecimento da Infraestrutura de Cooperativas de Catadores para Coleta, Transporte e Comercialização de Materiais Recicláveis – Logística Solidária Cataforte”. Assim, 4 redes receberam capacitação, totalizando: 278 catadores de materiais recicláveis de 23 empreendimentos da Rede Cat@mare; 289 catadores de 6 empreendimentos da Rede Cooafi; 136 catadores de 7 empreendimentos da Rede Cooperagir; e 214 catadores de 9 entrepostos da Rede Coopersil.

Agora, no CATAFORTE III, selecionado na qualidade de Base de Serviços para atender às Redes Cataparaná, Cooper Central e Arenito Caiuá, o ILIX estabelece as seguintes metas a serem alcançadas até final de 2017:

  • Contribuir para o fortalecimento de processos produtivos e gerenciais da rede de cooperação de empreendimentos econômicos solidários constituídos por catadores/as de materiais recicláveis.

  • Facilitar os processos de mobilização, de integração e de participação ativa e consciente dos catadores/as de materiais recicláveis junto aos seus empreendimentos econômicos solidários e à rede de cooperação.

  • Viabilizar a implementação do Plano de Negócios Sustentáveis das Redes de Cooperação que possibilitem avanços na cadeia de valor e a inserção no mercado da reciclagem de forma competitiva, consolidando-as como prestadoras de serviços das políticas públicas de coleta seletiva de resíduos sólidos e da logística reversa e na implantação de unidades de reciclagem.

© 2019 por Instituto Lixo e Cidadania. Todos os direitos reservados